República Notícias

R$14 bilhões do FGTS liberados para quem teve carteira assinada; Veja como sacar em 2024

COMPARTILHE:

Ainda restam dúvidas sobre o funcionamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)? Sem preocupações, neste artigo, exploraremos todas as camadas que compõem este benefício essencial para os trabalhadores brasileiros. Em especial, abordaremos a novidade que está no radar de milhões: a distribuição de lucros de R$ 14 bilhões referentes ao ano de 2023, prevista para o fim de agosto de 2024.

É uma chance de entender como esse recurso pode funcionar a seu favor, aumentando sua segurança financeira e possibilitando novos investimentos. Continue lendo para descobrir os passos necessários para acessar esse lucro e os critérios que determinam quem está elegível para receber parte dessa quantia significativa.

ANÚNCIO

Como Funciona o FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), criado para proteger o trabalhador demitido sem justa causa, consiste em depósitos mensais feitos pelos empregadores. Estes correspondem a 8% do salário bruto do empregado, acumulando-se numa conta vinculada ao nome do trabalhador na Caixa Econômica Federal.

Os recursos do FGTS podem ser sacados em situações especiais, como demissão sem justa causa, aquisição de imóveis, aposentadoria, tratamento de doenças graves e mais. Além disso, seu saldo é corrigido anualmente, o que significa que o montante pode crescer mesmo enquanto está guardado.

O Que Significa a Distribuição de Lucros do FGTS?

Em vez de simplesmente deixar o dinheiro parado na conta, o FGTS também gera lucros, parte dos quais é distribuída de volta aos trabalhadores. Em agosto de 2024, como mencionado, mais de R$ 14 bilhões serão distribuídos para aqueles que possuem contas ativas ou inativas até o final de 2023.

ANÚNCIO

Como esses valores são creditados diretamente nas contas vinculadas, eles não são acessíveis imediatamente para saque em dinheiro, a menos que se enquadrem nas condições normais de liberação de recursos do fundo.

Valor do FGTS: Tudo o que Você Precisa Saber

1. O que é o FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um direito de todo trabalhador com carteira assinada. Mensalmente, o empregador deposita 8% do salário bruto do funcionário em uma conta na Caixa Econômica Federal.

2. Como é Calculado o Valor do FGTS?

O valor do seu FGTS depende de três fatores principais:

ANÚNCIO
  • Tempo de serviço: Quanto mais tempo você trabalha com carteira assinada, maior será o saldo acumulado.
  • Salário: O depósito mensal é de 8% do seu salário bruto.
  • Rendimentos: O saldo do FGTS é corrigido mensalmente pela TR (Taxa Referencial) e recebe juros de 6% ao ano.

3. Como Consultar o Saldo do FGTS?

Você pode consultar o saldo do seu FGTS de diversas formas:

  • Aplicativo FGTS: Baixe o app gratuito em seu smartphone ou tablet e acesse com seu CPF e senha.
  • Site da Caixa: Acesse o site da Caixa Econômica Federal e faça login em sua conta para visualizar seu extrato.
  • Agências da Caixa: Vá a qualquer agência da Caixa com um documento de identidade com foto e solicite a consulta do saldo.
  • Telefone: Ligue para a Central de Atendimento da Caixa nos números 4004-0104 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-104-0104(demais regiões).

4. Importância de Acompanhar o Saldo do FGTS

Acompanhar o seu saldo do FGTS regularmente é fundamental para:

  • Garantir que os depósitos estão sendo feitos corretamente: Verifique se o seu empregador está depositando o valor correto mensalmente.
  • Planejar-se financeiramente: Saber o valor disponível para saque em diferentes situações, como demissão sem justa causa, compra da casa própria, aposentadoria, entre outras.

Como Você Pode Beneficiar-se Desta Distribuição?

Qualquer trabalhador que tenha contribuído para o FGTS até o final de 2023 e que mantenha suas informações atualizadas junto à Caixa Econômica Federal poderá beneficiar-se dessa distribuição. É essencial que seus dados pessoais, como endereço e contato, estejam corretos no sistema para evitar qualquer tipo de atraso ou problema no recebimento dos valores.

O montante recebido por cada trabalhador depende do saldo médio da conta do FGTS durante o período de cálculo. Portanto, quanto maior o seu saldo, maior será a parcela do lucro a receber.

ANÚNCIO

FGTS: O Que Você Precisa Saber Sobre o Desconto

O FGTS não é descontado do salário!

É importante esclarecer que o FGTS não é descontado do salário do trabalhador. O valor do FGTS é de responsabilidade do empregador, que deve depositar mensalmente 8% do salário bruto do funcionário em uma conta vinculada ao seu nome na Caixa Econômica Federal.

Como funciona o depósito do FGTS?

  1. Cálculo do valor: O empregador calcula 8% do salário bruto do trabalhador, incluindo salário base, horas extras, adicionais e outras verbas salariais.
  2. Data limite para depósito: O depósito deve ser feito até o dia 10 do mês seguinte ao mês trabalhado.
  3. Reajuste do valor: O saldo do FGTS é corrigido anualmente pela TR (Taxa Referencial) e recebe juros de 6% ao ano.

Obrigações do empregador:

  • Realizar o depósito do FGTS em dia:Sob pena de multa em caso de atraso ou não pagamento.
  • Informar o trabalhador: O empregador deve fornecer ao trabalhador um comprovante do depósito do FGTS.

Direitos do trabalhador:

  • Acompanhar o saldo do FGTS: O trabalhador pode consultar o saldo do seu FGTS pelo site, aplicativo ou agências da Caixa Econômica Federal.
  • Sacar o FGTS em diversas situações: O trabalhador pode sacar o FGTS em situações como demissão sem justa causa, compra da casa própria, aposentadoria, entre outras.
  • Receber a multa rescisória: Em caso de demissão sem justa causa, o trabalhador tem direito a uma multa rescisória de 40% sobre o saldo do FGTS.
  • Optar pelo Saque-aniversário: O trabalhador pode optar por sacar parte do saldo do FGTS todo ano no mês do seu aniversário.

Como Verificar e Planejar o Uso do Seu FGTS?

  • Acesse o saldo do seu FGTS a qualquer momento através do site oficial ou do aplicativo para dispositivos móveis oferecido pela Caixa.
  • Planeje o uso do seu FGTS para objetivos de longo prazo, como a aquisição da casa própria ou como um complemento para a aposentadoria.
  • Mantenha-se informado sobre as novas regras e possibilidades de saque, como o Saque-Aniversário, que permite retiradas anuais de uma parte do saldo.

Em conclusão, entender e gerenciar seu FGTS é fundamental para maximizar os benefícios que ele pode trazer para sua vida financeira. Não perca a oportunidade de melhorar seu futuro financeiro com os lucros do FGTS distribuídos – fique atento às datas e mantenha suas informações sempre atualizadas!