República Notícias

Lula sofre vergonhosa derrota para Bolsonaro e petistas entram em pânico

COMPARTILHE:

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), caso pudesse se candidatar, teria mais votos do que Lula em Brasília em 2026, segundo levantamento divulgado nesta 5ª feira (4.jul.2024) pelo Paraná Pesquisas. Eis a íntegra (PDF – 506 kB).

Bolsonaro teria 39,9% dos votos de eleitores do Distrito Federal, contra 27,1% do petista. No entanto, em junho de 2023, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) tornou o antigo chefe do Executivo brasileiro inelegível por 8 anos, contados a partir do pleito de 2022.

ANÚNCIO

Com o ex-presidente fora da disputa, Lula, com 27,8% dos votos, empata dentro da margem de erro com a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL), 30,1% dos votos. O petista (28,5%) venceria o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas(Republicanos) (23,1%).

A pesquisa foi realizada pelo Paraná Pesquisas de 29 de junho a 2 de julho de 2024. Foram entrevistadas 1.360 pessoas com 16 anos ou mais no Distrito Federal. O intervalo de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2,7 p.p (pontos percentuais), para mais ou para menos.

Eis abaixo cada cenário estimulado (quando o nome dos candidatos são apresentados):

ANÚNCIO

1º cenário estimulado:

  • Jair Bolsonaro (PL): 39,9%;
  • Lula (PT): 27,1%;
  • Ciro Gomes (PDT), ex-presidenciável: 7,1%;
  • Ronaldo Caiado (União), governador de Goiás: 6,3%;
  • Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul: 3,2%;
  • Helder Barbalho (MDB), governador do Pará: 0,5%;
  • nenhum/brancos/nulos: 11,8%;
  • não sabem/não responderam: 4%.

2º cenário estimulado:

  • Michelle Bolsonaro (PL): 30,1%;
  • Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 27,8%;
  • Ronaldo Caiado (União): 11,8%;
  • Ciro Gomes (PDT): 8,5%;
  • Eduardo Leite (PSDB): 3,5%;
  • Helder Barbalho (MDB): 0,7%;
  • nenhum/brancos/nulos: 12,8%;
  • não sabem/não responderam: 4,9%.

3º cenário estimulado:

ANÚNCIO
  • Lula (PT): 28,5%;
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 23,1%;
  • Ciro Gomes (PDT): 11,3%;
  • Ronaldo Caiado (União): 10,7%;
  • Eduardo Leite (PSDB): 3,4%;
  • Helder Barbalho (MDB): 0,6%;
  • nenhum/brancos/nulos: 16,8%;
  • não sabem/não responderam: 5,7%.

AVALIAÇÃO E APROVAÇÃO DE LULA NO DF

O Paraná Pesquisas também perguntou aos entrevistados de Brasília sobre o governo Lula: 40,4% afirmaram aprovar a administração, enquanto 55,7% declararam desaprovar.

Em relação à avaliação do trabalho do petista, 47,1% a avaliaram como “ruim”(10,6%) ou “péssima” (36,5%), enquanto 27,6% dos disseram considerar “ótima”(9,7%) ou “boa” (17,9%).